Expo’ 58

E hoje faz 50 anos da Expo’ 58. (Brussels World’s Fair, Brusselse Wereldtentoonstelling, Exposition Universelle et Internationale de Bruxelles, Exposição Universal e Internacional de Bruxelas). Foi o primeiro grande evento apos a II Guerra Mundial, que reuniu cerca de 42 milhões de pessoas e foi aberto pelo Rei Baudouin I, que discursou apelando pela paz mundial.

A Expo fica na região de Heyzel em Bruxelas, onde foi então construido o Atomium (o grande atomo) que é até hj um grande simbolo belga.

Falamos disso na aula de hoje. E, resolvi pesquisar um pouco mais:

Talvez a exposição internacional mais conhecida no período da Guerra Fria tenha sido a Exposition Universelle et Internationale de Bruxelles de 1958 (Expo ’58). Por ser a primeira feira realizada após a Segunda Guerra Mundial, adquiriu um significado mais amplo: os governos aliados da Europa Ocidental — França e Grã-Bretanha — usaram a ocasião para demonstrar seu sucesso pós-guerra, ao passo que os países do eixo — Alemanha, Japão, Itália — tiveram oportunidade de renovar sua imagem internacional. Contudo, o mais notável no meio de toda a exuberância da feira foi a óbvia tensão entre os Estados Unidos e a União Soviética, que utilizaram os respectivos pavilhões para promover seus sistemas políticos antagônicos.

O tema da exposição dos EUA, “Unfinished Business” (Negociações Não Concluídas), tratava, entre outras coisas, de questões sociais dos Estados Unidos, inclusive a segregação. Os congressistas sulistas se ofenderam e cortaram o restante do orçamento destinado à exposição. Com isso, os EUA reduziram os produtos científicos exibidos, e a Rússia assumiu o espaço não utilizado pelos americanos no Hall Internacional de Ciência, aproveitando-o para fazer propaganda de seus avanços tecnológicos: os soviéticos tinham, por exemplo, um estande sobre os usos da energia atômica para fins pacíficos, contrastando com o uso da energia nuclear pelos EUA “para destruir a humanidade”.

No centro da exposição soviética havia modelos de seus recém-lançados satélites Sputnik, que marcaram o início do programa espacial russo no ano anterior e chegaram a transportar uma cadela chamada Laika. Embora os Estados Unidos tivessem lançado seu próprio satélite, o Explorer, com sucesso em 1958, eles não expuseram seu artefato espacial. O Sputnik tornou-se muito popular, e os soviéticos usaram seu pavilhão, um tributo de alta tecnologia ao comunismo, para tentar convencer o público de que uma União Soviética tecnológica e cientificamente superior em breve superaria os Estados Unidos na produção de bens materiais. Os Estados Unidos prepararam-se melhor para as feiras mundiais subseqüentes.

À parte as rivalidades culturais da Guerra Fria, a exposição foi notável pela variedade de produtos científicos demonstrados, entre os quais uma enciclopédia em áudio, um dicionário eletrônico, queijo pasteurizado, uma fita magnética capaz de transmitir milhões de caracteres em poucos segundos e uma máquina postal capaz de classificar mil cheques em 15 minutos. A própria Bélgica, que patrocinou a feira para promover seu crescimento econômico, impressionou o público com sua peça central, o gigantesco Atomium — construção futurista destacando o lado positivo da era atômica —, e sua produção de chocolate, que atingiu cinco toneladas por dia durante a Expo ’58 .

Fonte: JournalUsa

Não se fala em outra coisa na TV e nas radios !

4 Respostas to “Expo’ 58”

  1. Marcia H Says:

    Dani também é cultura!
    bjsssss
    fique de bem comigo, viu!

  2. mo gribel Says:

    Oi, Dani!
    42 milhões de pessoas?? Visitando a feira? Jura???? Uau!!!!
    Ahhh o Gabs tá lindoooo!!!

  3. Roseane, Says:

    E agora na blogosfera também. Ainda bem. Bom final de semana!

  4. Cheers! Fla Says:

    Muito legal, pena que ainda estamos esperando pela paz mundial!

    Bjs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: